Em tempos de heróis do BBB,na definição de Pedro Bial,eis um que honra o título…

Anthony Omari

No final da noite de 23 de janeiro de 2012, com 24 anos de idade o queniano super-herói chamado Anthony Omari acordou para encontrar três caras gigantes com facões em pé sobre a cama. Ele soube imediatamente que eles não estavam lá para vender biscoitos , ou pedir-lhe um favor.

Omari é o guardião do lar de crianças Faraja localizado em Ngong, Quênia – um santuário de cura e muito amor, que ao longo dos últimos anos tem crescido a partir de um cômodo com telhado de barraco em uma das favelas de Nairobi em uma instalação de dimensão adequada que abrigou 37 meninos e meninas que foram abandonados ou órfãos da rua. Um lugar de esperança e de paz para as crianças que  tragicamente escorregou pelas frestas e mazelas da sociedade queniana. Mãe Omari, conhecida  apenas como “mamãe”, corre o lar, e, sempre o filho diligente, Anthony que vive na instalação e ajuda a sua mãe ter certeza de que as crianças estão confortáveis,em uma cama, e tenham uma refeição quente, uma escola primária, e atenção médica quando precisam. Como o único macho adulto na Casa, ele é por padrão encarregado de garantir a segurança física e a segurança de todos os 37 filhos aos seus cuidados. Você não imagina que este personagem em algum momento mereceria um golpe de facão no rosto.

omari

Omari no meio da noite escutou um estalo, que o acordou,e logo se viu cercado…ele reconheceu imediatamente os indivíduos em volta dele – era a quarta vez este mês que o Lar das Crianças Faraja havia sido arrombado, e foi pelo menos a segunda vez que estes idiotas havia roubado os órfãos em uma visita no meio da noite. As pessoas não imaginam como é manter um orfanato tão paupérrimo que tem que lutar apenas para prover as necessidades básicas de vida para seus filhos, é uma luta árdua.

A última vez que Anthony Omari tinha encontrado esse bando de invasores na casa, ele tinha a vantagem da surpresa. Um barulho tinha acordado ele no meio da noite, e trombou em seu caminho com  os ladrões, e seqüestradores de crianças para serem usadas como soldados em guerras insanas.

Omari gritou, e quando os rapazes se virou para ver o que estava acontecendo, ele atirou um martelo atingindo o rosto do mais próximo, jogando como um arremesso de machado,quebrando os dentes do marginal.

A quadrilha tinha visto o suficiente. fugiram assustados.

Na noite seguinte, eles voltaram em busca de vingança. E agora todos eles estavam no quarto de Omari, carregando facões de lâmina larga,de uso comum no país.

omari1

Mas Anthony Omari não ficou impressionado com essa demonstração  covarde. Em uma situação em que qualquer um molharia a cama com mêdo de morrer, ele fez a última coisa que  esses caras esperariam.

Ele alcançou debaixo da cama  o martelo usado no ataque anterior que com um arremesso de sorte, quebrou os dentes de um dos ladrões.

Assim Omari tirou o martelo, o cara que tinha sido atingido,teve imediatamente flashbacks pós traumáticos e, em uma reação instintiva, desferiu um golpe de facão na cabeça de Omari. Omari abaixou, o facão cintilou fazendo barulho contra a parede, depois de sair da cama, arma na mão (martelo), determinado a derrubar os três babacas com facões ao mesmo tempo e proteger os órfãos  a todo custo.

Os bandidos não sabia o que diabos os atingiu. Omari em fúria, brandindo o martelo e gritando como louco, batendo a esmo,tentando acertar os  três bandidos  com facões gigantes . Gritando, não só para tornar-se mais intimidante, mas para advertir as crianças o que estava acontecendo, Omari correu à frente, furiosamente golpeando seus inimigos. Depois de uma batalha, breve e intensa, Omari de alguma forma conseguiu forçar os intrusos para fora de seu quarto, para o corredor, e, finalmente, fazendo os marginais recuar para fora da porta da frente da casa, perseguindo-os até o quintal.

Com os três homens no quintal da frente, Omari continuou a ameaça-los com sua arma (uma ferramenta de manutenção da casa que, de alguma forma, nas mãos deste “malvado” guardião era para os ladrões mais ameaçador do que os facões gigantes). Então, por trás, ele ouviu o som de crianças chorando, as crianças tinham vindo para a porta, e agora estavam assustados com a batalha que começou dentro de sua casa.

Então sua preocupação passou para as crianças, Omari correu de volta para a porta aberta, rapidamente falando o mais mansamente que pôde para as crianças que estava tudo bem. Ele se virou bem a tempo de ver um facão sibilando em direção ao seu rosto.

omari4

Sentiu o impacto da  lâmina em cheio no rosto,mas então, Anthony Omari não caiu imediatamente. Sangrando intensamente na face, a sua visão obscurecida pelo sangue e rapidamente a visão se  tornando mais escura e mais embaçada a cada segundo, continuou a desferir golpes de martelo em todas as direções, tentando atingir o maior número possível de agressores, e só parou quando sentiu que seus golpes atingiam somente o vazio, os ladrões assustados com tamanha ferocidade fugiram desistindo do ataque covarde  mais uma vez. Tropeçando,  Omari correu para a porta da frente da casa, fechou-a, e trancou-a. Somente após os órfãos estarem seguros que ele se permitir ver a extensão de seus ferimentos.

Ele levou 11 pontos, e vai ficar com uma cicatriz  que os personagens de filme de ação só podem sonhar (a coisa mais próxima que me vem à mente é Kurt Russell em Soldier), mas depois de apenas dois dias de tratamento hospitalar, Omari estava de volta ao Lar Faraja infantil, cuidando de seus órfãos amados mais uma vez.

No final, Anthony Omari salvou os órfãos não só com seu martelo, mas com a sua incrível história de bravura em face do perigo incompreensível. Quando a notícia de sua batalha chegou até Ben Hardwick, de 21 anos, estudante de Penn State trabalhando como estagiário em uma instalação próxima,  veio para falar com ele. Impressionado com a história, e ainda mais preocupado com a segurança de ambos, Omari e as crianças, Hardwick teve a idéia de colocar a história do herói na Reddit, pedindo US $ 2.000 em doações para Omari para  construir uma grande cerca para tentar manter esses babacas do lado de fora.

Ele recebeu 65.000 dólares nas primeiras vinte e quatro horas. Na última contagem, o total foi de até US $ 83mil em doações de pessoas agradecidas e sensibilizadas com a história, em 46 países,  cerca de 40 vezes o valor solicitado, suficiente para a construção de um muro de pedra de 6 metros,altura mais que o necessário, além de novas camas para as crianças (algumas dos quais estavam  dormindo em colchões no chão), dois guardas noturnos de segurança em tempo integral, cadeados extras para as portas, e ainda sobrou o suficiente  para comprar os cães que,ao menor barulho dão o alarme.Para um pequeno orfanato sem dinheiro em uma parte remota do Quênia que passou a última década lutando apenas para fornecer alimentos para seus filhos, 80 mil fez milagres.

omari5

                                      “Eu estava sentado no chão, apenas observando as doações chegarem,
                       Eu simplesmente não podia acreditar – 83 mil dólares!!!!!…..uma fortuna para nós.
                      Eu ainda fico com arrepios só de pensar nos acontecimento que desencadearam isto,e só se passaram cinco ou seis dias “

.

8 pensamentos sobre “Em tempos de heróis do BBB,na definição de Pedro Bial,eis um que honra o título…

  1. you’re truly a good webmaster. The website loading speed is amazing. It sort of feels that you’re doing any unique trick. Moreover, The contents are masterpiece. you have performed a magnificent job on this matter!

  2. Muito bonita a história, este foi motivo pelo amor verdadeiro… Muito legal também a atitude do estudante de promover a campanha que ajudou a arrecadar os fundos. Belo final.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s