AMANDA DEMETRIO
DE SÃO PAULO – Folha de São Paulo

 

“Busquem conhecimento”, disse o personagem que ficou conhecido como ET Bilu, em um vídeo que virou fenômeno na internet. O produtor de vídeo Fernando Motolese e o hacker Vinícius K-Max seguiram o conselho à risca e correram atrás da história do suposto ET. Os dois estão lançando a primeira parte de um documentário sobre Bilu e o Projeto Portal, grupo de pesquisadores que cuida da fazenda onde o suposto ET teria sido encontrado. “Em outubro do ano passado, vimos o vídeo da ‘TV Record’. Inicialmente, achamos que aquilo fosse uma palhaçada, mas o Vinícius começou uma investigação, analisando tudo o que já havia sido publicado sobre o assunto”, afirma Motolese, com exclusividade à Folha. Os dois conseguiram, então, a autorização para visitar a fazenda do Projeto Portal. “Nos primeiros quatro dias de expedição, aconteceram fenômenos impressionantes. Uma fenda se abriu no céu e vimos luzes inusitadas. Ficamos impressionados”, conta Motolese. Na segunda viagem, os dois amigos viveram como integrantes do projeto durante 15 dias. “É preciso ter uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos”, explica, enfatizando que não há consumo de drogas no projeto. O contato com Bilu veio de uma maneira inesperada. “Ele se movimentava no mato, sem que a gente pudesse escutar. Ele piscava luzes muito diferentes e de uma maneira muito rápida. Isso ajudou a gente a quebrar a imagem de que ele fosse uma pessoa disfarçada”, diz. Segundo ele, muita gente “ridicularizou” Bilu. “Adotamos um posicionamento sério, contratamos um locutor do ‘History Channel’ para dar um ar sóbrio ao documentário. Nossa investigação é totalmente independente”, afirma Motolese. Acreditam na existência do ET? “Ainda não temos certeza total, porque não o vimos sentado do nosso lado, mas estamos tendendo mais a acreditar do que a não acreditar.” Um segundo episódio do documentário será lançado em breve, já que o Projeto Portal afirma que o ET Bilu passará uma mensagem importante para a Terra em menos de 20 dias. “A partir daí, vamos produzir a segunda parte”, conta Motolese. Assista à primeira parte do documentário (com narração em inglês e legendas em português):

O ET Bilu de novo????….será??????

(destaque é nosso).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s